domingo, 4 de outubro de 2009

O rio

O Rio

É encanto do rio, as espumas,
que nas pedras saltam felizes,
Encanto que passeia em Minh 'alma,
em uma correnteza de luz...

Em que levas minha poesia,
Meu poema sentido e faceiro,
Nos pés dos pássaros enroscando,
dos galhos levando sementes...

É encanto e magia,
da vida que há em mim...
é o gesto divino passeando
no meu ser, em forma de poesia...

Lavando minhas memórias,
semeando meus desejos,
nos recônditos dos sentidos,
se me lembro, são lampejos...

O mesmo rio que brota em mim,
como lágrima feliz,
derramam-se em cascata,
nos meus sonhos de criança,

Carrega minha mais profunda emoção!

Mando Mago Poeta 17:15 4/10/2009