domingo, 7 de outubro de 2012

Saudade

000001

Saudade

A saudade é um rio imenso,
onde navego e nada penso...
Divagando em um "sentir" diferente
com apenas sua imagem na mente.

Me transporta em grandes corredeiras,
de lágrimas puras e sem piedade
que me afogam por vezes em descaminhos
longos pesares cheios de ansiedade!

Ah! Tempestuosa saudade!
Rio de fortes correntezas
arrastando-me em incertezas
caindo-me feito cachoeira...

"cala-me em grande queda, tamanha saudade!"

Mando Mago Poeta 21:39 24/4/2012