quarta-feira, 10 de outubro de 2012

As conchas

conchas

Elas falam com sua voz
falam com a voz do mar
As conchas sussurram
meus versos de amor

As conchas revelam
o eco da vida
a palavra esquecida
no fundo do mar...

As conchas acomodam
o corpo transparente
do poema inocente
que vem devagar...

As conchas são presente
da Mãe Sereia
que entoa seu canto
no eco da concha
que vem me acordar...

Elas arrastam-se na areia
banhadas de versos
tocando meus pés descalços
e seu ecoar tocando Minh 'alma.

Sou um sonhador
tentando ser poeta
sussurrando meus versos
nos versos das conchas
para lhe presentear.

Mando Mago Poeta 20:28 17/4/2012