sábado, 16 de janeiro de 2010

A Despedida

despedida

É difícil a despedida
Quando o coração bate
fazendo ondas na poça de lágrimas
dos sentimentos derramados...

Quando as mãos suadas e trêmulas,
denunciam a vontade de não ir...
Os olhos mareados, embaçam a visão,
tornando os contornos do rosto amado
desfocados...

Como se a imagem já fosse distante!

Despedir é sempre difícil,
porque sabemos que a viajem de volta
será mais longa que a de partida,

Nunca se sabe como ir embora,
Sem deixar o peito oprimido,
os sonhos afogados,
num rio de palavras que não deságua
no mar do entendimento...

Pois quem fica nunca aceita sua partida,
por mais que saiba que é inevitável.
E, parte um amor na dor desmedida,
parte um coração, que na saudade fica!

Mando Mago Poeta 21:47 16/1/2010