quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Eu venceria a noite escrevendo poesia!

HSL

Quebraria o relógio da alma
e conduziria todo meu ser
nesse embalo gostoso de escrever
sorrir, amar, e sentir tanta calma

sorridente e sozinho
minhas mãos conduzem
apenas uns versos vão-se indo
escorrendo de meus ombros cansados
contornando minhas veias
desviando nos dedos calejados
e caindo nos papel ou no teclado
brilhantes e cheios de mim!

E vivo, por gostar de escrever assim.

Mando Mago Poeta 20:50 20/4/2012