quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Eclipse

Eclipse_de_amor

Eclipse

Quando tuas mãos desvendam meu rosto
e suavemente percorrem meu mundo
Montanhas florescem felizes
Sóis despontam no horizonte
e uma chuva fina e morna vem nos molhar...

É o ciclo do amor feito água
que revela-se aos olhos e ao corpo
em formas diferenciadas e belas.

Quando nos unimos nada separa
mostramos o nosso mundo ao céu
desfazendo nuvens e sonhando acordados
cumprimos as promessas de amor.

Cada toque, carícia e desejo
é uma estrela que nasce no Infinito azul
em meio a tempestuosas explosões
de prazer inigualável!

Quando tuas mãos tocam meu corpo
sou Sol em todos os sentidos!
somos Sol e Lua em eclipse
vivendo em plenitude e amor.

Mando Mago Poeta 21:54 9/4/2012