quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Eu Mar

aguavida

Ao som do mar, me deleito
Querendo mergulhar em seu corpo
e me afogar em teus carinhos
sem pressa de voltar...

Olho o céu noturno beijando o mar
com o reflexo do luar nas espumas das ondas.
Meus desejos ardem em uma paixão louca,
e fico sonhando com sua boca
querendo me beijar.

Já não sinto o frio, da brisa do mar!

As ondas lambem meus pés sem cessar
em constante e lento bailar...
E eu sozinho na praia,olhando o azul escuro
desejando nele mergulhar.

Cada estrela me lembra você
com seus olhos brilhantes e escuros
e seus lábios sussurrando desejos
e sentimentos dos mais puros.

Quero me unir à paisagem
embrenhado no azul escuro do luar
esperando você aparecer
e na areia se deitar.

Vou-lhe acariciar todo o corpo
com raios de sol do meio dia
que a deixarão tão quente
quanto meus desejos.

E quando estiveres bronzeada
levarás de mim a saudade
na marca do biquíni que ficou
onde o tecido não deixou meu amor queimar.

Mando Mago Poeta 22:12 13/4/2012