quarta-feira, 18 de julho de 2012




Aprisiona-me

no teu abraço de amor
no sonho de todo dia
na tua voz, melodia...
na pétala de tua flor.

Aprisiona-me

nos teus seios
na tua cama
na chama
em teus devaneios

aprisiona-me

nos ofegantes suspiros de prazer!
Aprisiona-me dentro de teu ser...


Mando Mago Poeta 20:42 29/3/2012