terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Inspiração

Amor real

Agora sinto no peito,
um calor sem fim
sei que não tem mais jeito
você está dentro de mim.

É finita minha utopia
meu amor platônico, surreal,
agora sou o que mais queria
seu tudo em tempo real.

Se um amor assim é tão belo,
e foi um dia um sonho,
hoje é alento, ao meu coração tristonho,

Por um simples ato do destino,
você cresceu tão rápido,
e eu me tornei, novamente um menino!

Mando Mago Poeta 19:39 28/12/2010

………………………………………………………….

Simples adeus

Vai dizer que não me ama,
como fez hoje cedinho...
e quando for dormir, em nossa cama,
vai lembrar que estou partindo.

Não haverá volta, amor!
Meu peito ainda sente
aquele amor indigente
que você abandonou...

Mentiu e me magoou
passou de todos os limites!
nosso fim, se consumou.

Agora é um simples adeus,
e se acha que estou mentindo...
olha bem,nos olhos meus.

Mando Mago Poeta 18:43 28/12/2010

………………………………………………………………..

Jardim de amor

Receba essas flores vermelhas,
símbolo de meu amor imortal,
que venceu grandes batalhas,
e, desacordado, renasceu em seu quintal...

Essas flores tão belas,
trago em meu corpo germinadas,
coloridas, como aquarelas,
são todas, dentro mim plantadas.

E de tanto amor, sou terra,
fértil e de todo perfume,
que me rendeu, depois da guerra.

Perdi a batalha no mundo racional,
mas continuo em seu jardim,
dando cor e perfume e meu amor imortal...

Mando Mago Poeta 19:00 28/12/2010

……………………………………………………………….

Eu te amo tanto

Te amo tanto, que não sinto dor,
esse amor é imenso, inexplicável,
tão cheio de vida, que me anestesiou...
Só sei que nada sinto, além de amor.

Mando Mago Poeta 18:49 28/12/2010

………………………………………………………….

A flor não morreu,
Com certeza,ela murchou
tímida, diante de tua beleza!

Mando Mago Poeta 19:33 28/12/2010