domingo, 23 de janeiro de 2011

ABC DO POETA - A

Ainda te amo

Ainda não esqueci
o beijo que ainda não te dei
o abraço que ainda não ganhei...

ainda não esqueci
do toque suave de suas mãos
quando escrevia aquele bilhete
que nunca recebi...

ainda não esqueci de te amar
mesmo assim, a distância!

Mando Mago Poeta 19:27 4/1/2011

…………………………………….…………………………………….

Amizade verdadeira

Você pode conquistar minha amizade,
Não com sensualidade e beleza,
mas com a certeza,
verdade, carisma e sinceridade!

Sou uma pessoa de vida comum,
que trabalha e se cansa,
que na vida, também dança,
e sabe o valor de muito e de um.

Não abdico de minha calma,
mas não garanto que suporto tudo,
nessa vida de falsos amigos, sobretudo,
perco-me as vezes, e recolho-me na alma...

Sou fiel e carismático,
mas também sou enfático...
Em cada carinho que te faço,
em alegria me desfaço.

Aprenda a lidar comigo,
posso ser um poema de amor,
ou talvez um ombro amigo,
que provoque o engano de um falso amor...

Tenho-te no meu peito em tatuagem,
como uma amizade verdadeira
que não cobra vantagem,
e posso levar até a hora derradeira!

Mando Mago Poeta 19:38 13/1/2011

…………………………………….…………………………………….

Amor amigo

Não quero seu rosto molhado,
por essa chuva de emoção,
quero estar ao seu lado
ouvir seu coração.

Vou cobrir-te de carinho,
te dar meu amor sincero
e dormir agarradinho
nesse corpo tão belo...

Não chores, minha querida,
há ainda um ser que te ama,
que não pensa só na prazer, na cama...
quer amar por amor, amar sem medida!

E quando uma lágrima rolar,
nessa face tão bela,
estarei ao seu lado, a cantar,
e com essa gota vou pintar
nosso amor na aquarela...

Quando você puder me amar,
estarei aqui contigo,
com a mesma promessa a cantar,
o amor que tenho comigo.

Mando Mago Poeta 22:14 13/1/2011

…………………………………….…………………………………….

Amor de poeta

Os versos cheios de sedução,
que enchem de esperança o coração...
os poemas envolventes
embaralham muitas mentes!

Amor de poeta, é dor latente,
é um vício que não se sente,
vai chegando de mansinho
e faz uma "teia" no ninho.

Quem lê poesia todo dia,
acorda naquela agonia,
de iludir-se mais um pouco
e grita de saudades, até ficar rouco!

Melhor ter mais atenção,
poetas são como o boto,
vem escrevendo emoção
e depois parte seu coração!

Mando Mago Poeta 21:38 5/1/2011

…………………………………….…………………………………….

Amor e a força

Não há nesse guerreiro, escudo tão forte.
Não há força bruta que vença o amor,
pois ele é eterno, e nunca combate...

O amor, em si, é feito uma estrela,
que morre em sua massa total
deixando fragmentos que alimentam
novas estrelas que nascem...

O amor se multiplica infinitamente,
enquanto o universo resiste...
A força, é o oposto que alimenta
a vida, e tanto mata, quanto ressuscita!

Mando Mago Poeta 23:17 7/1/2011

…………………………………….…………………………………….

Amor maior

Ao olhar-te em sono profundo
viajei por tantos pensamentos
nesse amor, maior que o mundo!

Verti lágrimas de alegria
por sentir tamanha emoção
de estar em sua companhia...

Hoje a noite é tão bela
não escondo meu contentamento
sou o astro mais brilhante do firmamento!

Pela manhã, quando o Sol acordar
de mim, vai sentir inveja
e por ti, eternamente vou brilhar!

Mando Mago Poeta 23:32 13/1/2011

…………………………………….…………………………………….

À primeira vista

Olhar no olhar
mãos nas mãos
boca na boca

corpo no corpo
grito rouco
prazer...

Sol na janela
lençóis azuis
pele branca

vão-se os sonhos
adeus, tristonho
até outra vez...

Mando Mago Poeta 16:31 9/1/2011

…………………………………….…………………………………….

Átomo

feito elétron perdido
sem órbita para rodar...

Estou magnetizado!
Em sua gravidade
sendo puxado...

Estou sem rumo
e quanto mais me aproximo
iminente se faz a fusão!

Estarei preso à você
unido
colado
grudado...
Estou fortemente atraído

Ah! Se fosse mais forte,
fugiria dessa atração...
Mas já estou predestinado
a ser em ti, um novo átomo

uma nova combinação.

Mando Mago Poeta 20:22 18/1/2011

…………………………………….…………………………………….

Azul de seu olhar

É imenso o céu que vejo
em cada gota de desejo
que me move a viver

É um infinito azulado
um cálice enfeitiçado
que temo a beber

É uma vastidão o seu olhar
esse azul a me hipnotizar
que não consigo entender

É a minha tentação
que invade o coração
e me faz derreter!

Mando Mago Poeta 22:40 13/1/2011

…………………………………….…………………………………….

Azul de teus olhos

Não há nesse azul de teus olhos
constelações que eu não conheça...
Navego nesse infinito a tanto tempo
que conheço cada estrela que brilha!

Mando Mago Poeta 23:11 6/1/2011