segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Vacio

Cais do Porto 2

Vacio

vuelvo en cada lagrima que muero un poco
tu me faltas y yo no querré vivir!
quisiera podré sin ti...
mas no ciero mis ojos sin una obscuridad,
profunda duda asi en el mirada...

El silencio es la noche en mi corazón
derramando mi sueños en el vacio.

Mando Mago Poeta 16:37 7/11/2011

 

vazio


de volta em cada lágrima que eu morro um pouco
Eu sinto sua falta e eu não quero viver!
Eu poderia sem você ...
cerro meus olhos, mas não sem um escuridão
dúvida tão profunda no seu olhar ...


O silêncio é a noite em meu coração
despejando meus sonhos em um vazio.

Mando Mago Poeta 16:37 7/11/2011