segunda-feira, 19 de julho de 2010

Amor de Utopia

Meu mundo e seu mundo,
dois planetas distintos,
em galáxias distantes...

Meu sonho,
seu sonho,
dois sonhos diferentes,
no mesmo espaço-tempo,
do infinito cosmo que nos separa...

Vejo seu brilho com o telescópio,
imagino-a mais perto de mim...
Mas, quando o Sol nasce, acordo...
Para a triste realidade, que nunca serás minha.

Mando Mago Poeta 21:55 19/7/2010