quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Acróstico

apaixonado (2)

SONETO DO AMOR

S ua presença é como o nascer do sol.
O s ventos se escondem ao ouvir tua canção.
N os versos de amor o perfume das rosas
E terniza a luz que ilumina tua alma.
T omai meu amor ao vosso coração.
O uça e vedes meus sonhos em teu jardim.

D arei aos teus dias pétalas perfumadas.
O rnamentarei teu nome em versos de amor.

A mada minha,já não vejo a luz, sem tua presença
M eu canto é só de amor por ti
O seu amor já me faz tanta falta
R osa minha, musa, meu grande amor!

Mando Mago Poeta 22:49 30/4/2012