terça-feira, 1 de setembro de 2009

Coração de papel

Se meu coração fosse de papel
seria um livro de poemas e poesias,
Com milhares de páginas rasgadas,
divididas em estrofes...

Se meu coração fosse este livro,
talvez a capa não agradasse,
Mas todos os poemas seriam de amor...
E sonetos correriam em minhas veias.

Em cada sílaba, métrica e rima,
Em cada tempo, cada pausa,
Seu nome estaria implícito...



Mando Mago Poeta 22:28 1/9/2009