quinta-feira, 15 de maio de 2008

§ Descobrindo-se §





Hoje, em noite incerta
Nas núvens da solidão me vi.
Embrenhado nos túneis mentais
Perdido, sem saber por onde seguir...

Caminhei sem destino, dentro de mim
Seguindo apenas o instinto de "ir"
E sem chegar a lugar algum, voltei.

Já não era o mesmo caminho
Algo havia mudado...
Foi então que percebi
Que não importa onde vá,

Importante é ir a algum lugar
Mesmo que não se saiba onde...
É se mover, não estacionar.

Mergulhar-se em si mesmo
é desbravar um mundo novo a cada passo
É conhecer o Divino.

Hoje andei entre núvens espessas
Descobri um novo caminho...
Mergulhei em minha alma,
Encontrei um novo eu.

A cada viagem interior, Uma "Descoberta"
A Cada volta um novo caminho...
Mas "Todos os caminhos me levam ao Divino"
À minha escência escondida nas profundezas de meu ser.

Algum dia serei "PURA E SIMPLESMENTE, EU".


Armando S. Araujo
30/01/2008