sábado, 2 de fevereiro de 2008

Partida

§ Partida §
Guarda em ti minha lembrança
Dos sonhos que te fiz sonhar
Guarda em ti a esperança
Por que jamais irei voltar...

Guardo em mim a tristeza
Por amar em solidão
Amar e não ser amado
choque de meu quente coração
Na sua imensa frieza

Será que amas de verdade?
Ou apenas me quer escravo,
Adorando-te eternamente?


Mando
18/12/2007